quarta-feira, 27 de fevereiro de 2008

Perseu, uma revista de História e memória

A Fundação Perseu Abramo ganhou este nome em homenagem ao Perseu, querido jornalista que foi um dos fundadores do PT. Ele sempre defendeu a idéia de que a formação política é fundamental para a construção de um partido forte. Hoje, a Fundação tem uma editora que publica intelectuais da esquerda brasileira e do mundo, realiza seminários, e preserva a documentação do PT e da esquerda. Essa documentação é colocada à disposição dos pesquisadores e, agora, parte dela será publicada na revista semestral Perseu: história, memória e política que o Centro Sérgio Buarque de Holanda lança amanhã.

Além de artigos de historiadores de todo o país, a revista publica um dossiê temático a cada edição. Acho que Perseu ficaria muito feliz se visse a revista.

2 comentários:

Sig Mundi disse...

Oi Andarilha!

Pra responder sobre sua curiosidade na culinária russa, digo que para o meu paladar não há muita coisa boa! rsrsr!! A comida daqui é muito pesada, com muita gordura (geralmente maionese). Nos meus primeiros dias de Moscou frequentei alguns restaurantes russos para experimentar as comidas daqui. As dificuldades foram duas: a comunicação (ler o cardápio e falar com o garçom), e o próprio menu.

Hoje em dia, quase não frequento restaurantes tipicamente russos. Prefiro restaurantes italianos(que são muitos na cidade), chineses, ou de cozinha contemporânea.

Mas se a sua curiosidade for realmente muito forte, tente experimentar o Borsch, que é uma sopa típica russa, feita a base de beterraba (inclui também outros legumes e temperos). Outra coisa que considero "comível" são os Kebabs, que nada mais são do que conhecemos como kibe. Logicamente o tempero é bem diferente, e por aqui normalmente a carne é de carneiro.

Existem também saladas que só vi por aqui. Eles usam muito pepino, cogumelos, pimentão e tomate. Mas poucas folhas, que são muito caras por causa do clima. Mas o molho é sempre a base de maionese...

Com certeza a culinária não é algo que sentirei falta o dia que sair daqui... rsrsrs!!

Espero poder ter ajudado um pouco a matar sua curiosidade.

bjs,

Arthur

andarilha disse...

Andréa, foi ótimo. Vou provar suas sugestões.

bjs.