quarta-feira, 20 de agosto de 2008

Cantar o mar não é pra qualquer um


E não é que Dorival Caymmi se foi? Ele foi injustamente associado à preguiça durante sua vida, mas na verdade acho que muita gente o invejava. Balançar na rede ao sabor da brisa do mar e do som dos coqueiros? Oras, e quem é que não quer isso?

Um dia um amigo e eu falávamos da música "O mar" e ele disse: "Pô, e quem é que não faz uma música assim: o mar quando quebra na praia é bonito é bonito" Ainda posso até vê-lo falando isso, sem vírgulas, pausas e pontos, com uma cara de gozação. Acho que qualquer um pode fazer, mas uma coisa eu digo, só mesmo com o velho Dorival Caymmi essa música poderia ter ficado assim:


O mar quando quebra na praia
É bonito, é bonito

O mar... pescador quando sai
Nunca sabe se volta, nem sabe se fica
Quanta gente perdeu seus maridos seus filhos
Nas ondas do mar

O mar quando quebra na praia
É bonito, é bonito
Pedro vivia da pesca
Saia no barco
Seis horas da tarde

Só vinha na hora do sol raiá
Todos gostavam de Pedro
E mais do que todas
Rosinha de Chica
A mais bonitinha
E mais bem feitinha

De todas as mocinha lá do arraiá

Pedro saiu no seu barco
Seis horas da tarde
Passou toda a noite

Não veio na hora do sol raiá
Deram com o corpo de Pedro
Jogado na praia
Roído de peixe
Sem barco sem nada

Num canto bem longe lá do arraiá

Pobre Rosinha de Chica
Que era bonita
Agora parece

Que endoideceu
Vive na beira da praia
Olhando pras ondas
Andando rondando
Dizendo baixinho

Morreu, morreu, morreu, oh...

O mar quando quebra na praia
É bonito, é bonito

Descanse em paz e espero que tenham lembrado de mandar uma rede pra onde você foi.

3 comentários:

Carmen disse...

Nem precisa de rede! É o mar que embala o Caymmi... Lá como cá.

Patty Diphusa disse...

Preguiça? O povo confunde isso com simplicidade. Quero um grande amor, ser embalado pelo barulho do mar, cerveja gelada, um violão, amigos por perto e, claro, uma rede. Isso lá é preguiça? É saber viver.

bjs

capixaba disse...

Vi uma entrevista com o Caetano e ele disse que certa vez o Caymmi tinha inssitido que ele fosse conhecer conhecer sua grande invenção. Depois de tanta insistência ele foi e lá chegando o Caymmi lhe mostrou a grande invenção: tinha colocado um ventilador ligado ao lado da rede! Minha jangada vai sair pro mar...