domingo, 8 de fevereiro de 2009

Os rios e as matas


Depois do Fórum aproveitei três dias pra conhecer os arredores de Belém e fiz dois lindos passeios de barco. No primeiro, fui a Barcarena pra conhecer a praia de Caripi. O lugar é lindo, meio deserto. Uma extensa faixa de areia junto a uma vegetação muito verde. No caminho, a gente vê os paraenses que usam o barco como seu meio de transporte pra ir e vir no trecho Barcarena-Belém, os ribeirinhos se locomovendo de um lado para o outro em suas pequenas canoas, os barcos de linha que atendem as diversas ilhas que ficam próximas a Belém. A exuberância da vegetação enche os olhos e no caminho vemos as palmeiras de açaí, de buriti, as castanheiras e muitas outras. Dessas ilhas sai o açaí que diariamente chega ao mercado do Ver-o-peso e dalí é distribuído para o consumo local e para outras cidades do Brasil e do mundo.

5 comentários:

Patty Diphusa disse...

Açaí espalhado pelo mundo mesmo.

Muito lindas suas fotos. A do post anterior é a baiana?

Saudades

Bjs

andarilha disse...

Oi Patty,

a foto é da baiana. Fiz pra mandar pro cardiologista dela com o bilhete: "no lugar de repouso, marcha e farra com 100 mil pessoas em Belém!". Encontrar a pessoa no meio de tanta gente e debaixo de chuva é demais, não é mesmo.

bjs.

Redneck disse...

Andarilha, você não responde aos meus comentários não? Você tá bem saidinha!

andarilha disse...

Red,

não fique assim. O tempo todo enquanto viajava e via coisas diferentes que poderiam ir parar numa panela me lembrava de você. Viu, seu mau agradecido?
A Amazõnia é quase um outro Brasil, muito, mas muito diferentes das outras regiões do país. Tem um ritmo próprio, suas próprias frutas, seus própríos peixes e pratos. É incrível.

Sentar no Ver-o-peso e comer pirarucu frito com uma Serpinha gelada não se compara a nada!

bjs.

Redneck disse...

Ah! Bom! Agora sim você falou minha língua. De qualquer forma, acho bom que, na próxima viagem, você dê um jeito de eu me encaixar porque devo a mim mesmo uma visita ao Pará. Beijo!