terça-feira, 10 de agosto de 2010

Sabe quando é que dá vergonha de ser jornalista? - parte 2

Na primeira parte deste post, eu falei sobre os jornalistas da Veja levantando a bola para o Serra nas Páginas Amarelas. Agora, é a vez dos jornalistas da TV Globo jogando cascas de banana pra Dilma, na entrevista feita no Jornal Nacional do começo da semana. Willian Bonner, ele principalmente, e Fátima Bernardes a cada pergunta, reforçavam a tese da inexperiência de Dilma e os resultados fracos do governo em determinadas áreas. Dilma, apesar de encurralada, respondeu tudo à altura.

Abaixo, algumas pérolas (os grifos são meus). Quem quiser ler a íntegra da entrevista, pode acessar o blog Leituras Favre

William Bonner: ... a senhora não tem experiência eleitoral nenhuma até este momento. A senhora se considera preparada para governar o Brasil longe do presidente Lula?

William Bonner: Mas a sua relação com o presidente Lula, a senhora faz questão de dizer que é muito afinada com ele. Junto a isso, o fato de a senhora não ter experiência e ter tido o nome indicado diretamente por ele, de alguma maneira a senhora acha que isso poderia fazer com que o eleitor a enxergasse ou enxergasse o presidente Lula atualmente como um tutor de seu governo, caso eleita?

Fátima Bernardes: A senhora falou de temperamento. Alguns críticos, muitos críticos e alguns até aliados falam que a senhora tem um temperamento difícil. O que a gente espera de um presidente é que ele, entre outras coisas, seja capaz de fazer alianças, de negociar, ter habilidade política para fazer acordos. A senhora de que forma pretende que esse temperamento que dizem ser duro e difícil não interfira no seu governo caso eleita?

William Bonner: ...Vamos discutir um pouco o desempenho do governo em algumas áreas, começando pela economia. O governo festeja, comemora muito melhoras da área econômica. No entanto, o que a gente observa, é que quando se compara o crescimento do Brasil com países vizinhos, como Uruguai, Argentina, Bolívia, e também com aqueles pares dos Brics, os chamados países emergentes, como China, Índia, Rússia, o crescimento do Brasil tem sido sempre menor do que o de todos eles. Por quê?



Dá vergonha ou não dá?

Um comentário:

Suely Oliveira disse...

Agora tem a capa da Revista Época. Apelação total. Dilma guerrilheira.
Nós ousamos muito e não devemos (nunca) subestimar o que eles são capazes de fazer.