terça-feira, 17 de março de 2009

Medo de cidade grande

Recebi de um amigo um link do curta-metragem L'Animateur que venceu o festival de Berlim no ano passado e me lembrei de um alemão que conheci há alguns anos aqui em São Paulo. Ele estava passando alguns dias na cidade e nos conhecemos num show no Vale do Anhangabau. Ele me dizia que estava desesperado pra ir embora pra casa. Mas por quê? Mal acabou de chegar e já quer ir embora? perguntei. Então ele me contou que morava nos arredores de Colônia, uma cidade alemã com menos de um milhão de habitantes. Naquele lugar aberto, no Vale do anhangabaú, rodeado por uma verdadeira multidão, ele se sentia meio desnorteado. Estava meio em pânico de estar no meio de tanta gente.

Pra pessoas como eu que já superaram o medo da cidade grande ou que nasceram nela, nenhum problema, mas dá pra entender aqueles que vivem em pequenas cidades e que nunca foram até a capital de seu estado. Cansei de conhecer pessoas do interior do Ceará ou da Bahia que não conheciam Salvador. Pra alguns era o medo; pra outras, faltou oportunidade; e pra outras, ainda, faltou motivo.

2 comentários:

Patty Diphusa disse...

Andarilha

Eu conheci um espanhol em Noronha que disse que veio do Rio pra SP de ponte aérea. Qdo ele olhou SP de cima ficou completamente apavorado. Só pensava "se eu me perder, minha família nunca mais vai me achar aí". Pânico. E o cara é de Barcelona, hem, nem é da roça espanhola. rs.

Bjs

andarilha disse...

patty,

às vezes acho que somos muito corajosas por viver numa cidade tão grande, violenta, apressada como a nossa. Se a gente parar pra pensar, pira!

bjs.